Transição, Perdão e Obediência

Estudos dos Pequenos Grupos – Julho 2023
Texto Base: Ezequiel 37 / Mateus 6:9-12

Introdução:

A vida cristã, é uma peregrinação de constante crescimento e transformação sob a soberania de Deus. Como
filhos do Deus Altíssimo, somos convocados a abandonar nossas antigas maneiras de pensar e agir, e a
abraçar a nova vida que Cristo nos oferece.
Este estudo, inspirado na pregação do Pastor Rodrigo Gomes (Mevam Rio), explora três pilares fundamentais
da fé cristã: a transição, o perdão e a obediência. Estes temas são explorados à luz das Escrituras,
especificamente em Ezequiel 37 e Mateus 6:9-13, e são apresentados com o objetivo de nos conduzir a uma
compreensão mais profunda do amor de Deus e do chamado que Ele nos faz.

I. Transição Espiritual:

A transição espiritual é um tema recorrente na Bíblia. Em Ezequiel 37, somos apresentados a um vale de
ossos secos, uma metáfora poderosa para a condição espiritual estagnada. Muitos crentes, embora falem
muito sobre fé, têm dificuldade em praticá-la. Eles anseiam pelo novo de Deus, mas suas mentes ainda estão
presas em costumes antigos. Como cristãos, somos desafiados a deixar nossas antigas maneiras de pensar e
abraçar a nova vida que Deus tem para nós.
O Vale de ossos secos retrata um lugar que tinha a presença de Deus, mas não tinha o alinhamento de Deus,
por isso, havia morte ao invés de vida.
Deus levou o profeta ao vale para que a transição ocorresse. Precisamos ver a realidade como ela é, temos
que parar de dar nomes bonitos aos problemas ou pecados. Ao reconhecermos a realidade que Deus nos
mostra, damos um passo para a transição proposta pelo próprio Deus.

II. O Poder do Perdão:

O perdão é uma parte essencial da vida cristã. Na oração do Pai Nosso, somos instruídos a perdoar nossos
devedores como fomos perdoados. O perdão não é apenas um ato de bondade para com os outros, mas
também um passo crucial para a maturidade espiritual. Quando perdoamos, nos libertamos do
ressentimento e abrimos espaço para a graça de Deus operar em nossas vidas. O Perdão é um passo
importante na transição.
Jesus ao pegar o pão em suas mãos na santa ceia, ele não o comeu, ele o repartiu, a mensagem que Cristo
nos passa hoje, é que a nossa vida precisa ser repartida e levar vida a outros.
“E, tomando o pão, havendo dado graças, partiu-o e deu-lhes, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é
dado; fazei isto em memória de mim.” (Lucas 22:19)
Antes de partir o pão Jesus deu graças, em outras palavras, ele estava agradecendo a Deus por estar sendo
partido para que outros pudessem viver, quando fomos
transacionados/libertos do império das trevas e transportados para o reino do Filho do seu amor, deixamos
de ser condutores de morte e passamos ser arautos da verdade que liberta e traz vida, como descrito em
(Colossenses 1:13-14)

Leia Também: Como Morreu o Profeta Isaias?

III. Obediência a Deus:

A obediência a Deus é um tema central na vida cristã. Em Ezequiel 37, o profeta obedece à ordem de Deus
de profetizar sobre os ossos secos, resultando em um milagre de ressurreição. Da mesma forma, somos
chamados a obedecer a Deus, mesmo quando suas instruções parecem desafiadoras ou desconhecidas. A
obediência a Deus nos leva a lugares de bênção e crescimento espiritual.
Deus convoca o profeta a liberar palavras de vida onde havia morte, humanamente falando, aquele
ambiente era pavoroso, mas debaixo de uma ordem de Deus, houve alinhamento. Agora o vale que antes
tinha desordem e morte, começa a passar por um processo de alinhamento (ordem) e vida.

Saiba mais: Quem foi o Aposto Paulo na Bíblia?

Conclusão:

A vida cristã é uma jornada de transição, perdão e obediência. À medida que nos movemos de nossas
antigas maneiras de pensar e agir, somos chamados a perdoar os outros e obedecer a Deus. Em cada etapa,
somos guiados pelo Espírito de Deus, que nos capacita a viver uma vida de fé e transformação. Como
Ezequiel no vale dos ossos secos, somos chamados a profetizar vida em nossas próprias vidas e na vida dos
outros, trazendo esperança e restauração através do poder de Deus